Comunicador

Comunicador

Qualificação Profissional I de Radialista – Setor: Locução – Denominação: Comunicador

 

Este profissional estará qualificado de acordo com a regulamentação da profissão para:

Função: Apresentar, pelo rádio ou pela televisão, noticiosos, programas e eventos, realiza entrevista e faz comentários das pautas, com apoio e operação de equipamentos de conteúdo audiovisual em diversas mídias e presta informações técnicas relativas à produção e aos temas abordados.

Banner-Radioficina-Cursos-Comunicador

Grade Curricular

Programa do Curso                  Carga Horária
  Noções e Fundamentos da Voz Profissional12h
  Técnicas Operacionais de Equipamentos Audiovisuais30h
  Prática de Locução e Funções Operantes99h
  TCC – Trabalho de Conclusão de Curso21h
  Atividades Complementares36h
  Estágio 30h
  História do Rádio e da Televisão15h
  Noções de Ética e Legislação15h
  Noções de Marketing em Mídia Eletrônica.15h
  Noções de Redação em Rádio e Televisão15h
  Novas Tecnologias12h

Os perfis profissionais de conclusão do Técnico em Rádio e Televisão da Radioficina, atendem aos dispositivos legais do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos e destacam sua Habilitação e Qualificação específicas a cada Setor/etapas.

Nossos cursos estão inclusos na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) através da legislação que regulamenta a profissão do Radialista.

Carga Horária: 300 horas.

Maiores de 18 anos ou a completar até o fim do curso, que possuam o ensino médio completo, expedido por escola reconhecida pelo MEC.

•    Certificado de conclusão ou de matrícula do Ensino Médio;

•    Histórico Escolar;

•    Requerimento de matrícula com a expressa concordância aos termos Regimentais, assinado pelo aluno;

•    Contrato de Prestações de Serviço com a concordância de respeito a proposta Pedagógica e ao Regimento Escolar.

•    Aulas práticas em estúdios de rádio, ministradas por profissionais do mercado de locução;

•    Auals teóricas - desenvolvidos em salas de aula, conteúdo teórico;

•    EAD (ensino a distância) - o aluno desenvolverá os conteúdos on-line diretamente pela plataforma de ambiente virtual de aprendizado.

•    Módulo Básico
Identificar os impactos históricos do rádio e da televisão no Mundo e no Brasil e as primeiras transmissões. Seus avanços tecnológicos e suas transformações, visando à compreensão dos atuais processos comunicativos na sociedade contemporânea. 

Distinguir as formas gramaticais adequadas para o emprego correto da língua materna, como fator essencial para a comunicação em sua área.

Realizar apresentações em diferentes formatos, mobilizando conhecimentos sobre as principais manifestações e movimentos artísticos do mundo ocidental, as características dos meios de comunicação de massa, seus reflexos sobre a realidade e a legislação específica, assim como habilidades para atuar em equipes multiprofissionais, para comunicar-se com públicos diversos, mantendo a ética profissional.

 

•    Módulo Específico:
Apresenta pelo rádio ou pela televisão, noticiosos, programas e eventos, realiza entrevistas e faz comentários das pautas, com o apoio  e a operação de equipamentos de conteúdo audiovisual em diversas mídias. 

O exercício da profissão de Radialista é regulado pela presente LEI Nº 6.615, DE 16 DE DEZEMBRO DE 1978. Art 2º - Considera-se Radialista o empregado de empresa de radiodifusão que exerça uma das funções em que se desdobram as atividades mencionadas no art. 4º. Art 3º - Considera-se empresa de radiodifusão, para os efeitos desta Lei, aquela que explora serviços de transmissão de programas e mensagens, destinada a ser recebida livre e gratuitamente pelo público em geral, compreendendo a radiodifusão sonora (rádio) e radiodifusão de sons e imagens (televisão). 

O locutor apresenta programas de músicas, notícias e esportes. Este profissional precisa estar bem preparado para sua função, sobretudo no que se refere à fala. É necessário ter uma boa voz, não essencialmente grave, mas com uma boa dicção, articulação e pronúncia. Isso porque o microfone amplifica e define eventuais defeitos ou falhas. 

Um locutor pode desempenhar seu trabalho em:

•    Emissoras de FM (Freqüência Modulada) ou AM (Amplitude Modulada); 

•    Emissoras de televisão aberta e/ou fechada;

•    Comunicador digital (Youtuber) em canais de conteúdo no Youtube;

•    Vídeo aulas e/ou vídeos de treinamentos em formatos online para EAD;

•     Produtoras de áudio e vídeo para comerciais institucionais e/ou corporativos;

•    Produtoras  de  dublagem em narrativas de documentários e locuções de voice over;

•    Rádios Indoor – locutor anunciador promocional em lojas de departamento, hipermercados e comércio varejista;

•    Comunicador corporativo em eventos promocionais externos e internos (feiras, congressos, seminários, competições esportivas e ações de varejo);

•    Mestre de cerimônias e/ou cerimonialista em eventos públicos e privados;

•    Comunicador, palestrante e/ou orador junto ao público em shows, espetáculos e comícios políticos; 

•     Mercado de criação, desenvolvimento e montagem de Pod Casts;

•    Editoras que produzem áudio livros, vídeos motivacionais e de auto-ajuda.

Compromissos com o Meio:
Radioficina tem um compromisso com o Rádio / Televisão, o veículo que mais retrata com fidelidade a cultura de uma nação. Tem um comprometimento com o Brasil, formando profissionais criativos, críticos, que se comunicam diretamente com o povo, proporcionando entretenimento, notícia, informação, humor, prestação de serviços e utilidade pública.

Profissão: 
O Rádio e a Televisão seguem em novos formatos completamente modificados. São instrumentos de disseminação dos fatos da atualidade, da cultura, da educação, da publicidade e propaganda, da diversão, dos serviços e dos meios eletrônicos de massa, que necessitam de profissionais com conhecimento técnico. Eles devem ser capazes de fazer investigação nos campos de trabalho, análise das mensagens recebidas e dar respostas adequadas a esse mundo repleto de possibilidades e de informações.

Os levantamentos demonstram que 45% dos recursos humanos desta área não têm habilitação. As empresas fazem treinamentos para suprir a sua necessidade de mão de obra. 

Assim, os jovens interessados precisam de cursos específicos para competir no mercado de trabalho.

Este mercado de trabalho tem se mostrado um espaço de oportunidades altamente seletivo, favorecendo àqueles que possuem formação em concordância com as Novas Tecnologias. 

Nas Capitais e nos Estados, não há escolas técnicas suficientes para formar estes profissionais, para suprir imediatamente este mercado tão promissor.


Perspectivas: 
Vive-se hoje uma verdadeira explosão das taxas de penetração domiciliar do rádio e da televisão em média de 97,2%, acompanhando o crescimento do Brasil a explosão de canais de distribuição da comunicação, a chamada era digital que impulsiona  o crescimento do mercado de produções. Há uma grande demanda de vagas na área de Comunicação, onde o mercado emprega mão de obra altamente especializada, preparada para as novas tecnologias em constante evolução. Esse mercado requer profissionais com formação múltipla, sólida e abrangente para atuar com criatividade, crítica e flexibilidade na oferta das programações de radiodifusão.

Objetivo de Nossos Cursos:

•    Preparar o aluno para atender as exigências do mercado de trabalho;

•    Formar técnicos com uma visão abrangente dos veículos de comunicação;

•    Preparar o aluno para pesquisar, analisar e interpretar idéias;

•    Levar o aluno a aplicar normas e leis que regulamentem as atividades da área;

•    Auxiliar o aluno no processo de criação, produção e veiculação de programas radiofônicos e televisivos;

•     Preparar os alunos para operar equipamentos digitais de estúdio de gravação.


Perfil Profissional do Aluno ao Concluir o Curso:
O aluno está habilitado a exercer funções e atividades ligadas à auxiliar no processo de criação, produção e veiculação de programas radiofônicos e televisivos. Atuar na seleção musical, montagem de filmes, vídeos, trilhas, vinhetas, jingles, spots e aplicação de efeitos especiais. Operar equipamentos digitais de estúdio de gravação.

RÁDIO SHOW - 87,5 Mhz – SP - (Rádio Comunitária Homologada – MINICOM / ANATEL). 

O QUE É A Rádio Show:
Rádio Show é uma Rádio Comunitária, autorizada pela Anatel e Ministério das Comunicações desde 2010. A rádio opera com a potência de 25 watts, nos 87,5 Mhz, no dial de Frequência Modulada. A Emissora é mantida pela Rádioficina, escola técnica de qualificação profissional para radialistas, com sede em São Paulo, que atua desde 1988. 

Aprender Fazendo:
A aprendizagem significativa é aquela que é fruto do entrelaçamento dos sujeitos de seus saberes e experiências. Ela não é significativa, por si só, mas torna-se significativa pela ação. É no enfrentamento dos problemas/desafios que desenvolvemos novas competências, ideias. 

Assim, estaremos buscando aprender fazendo, através de alunos e professores.
Radioficina é a única escola Técnica de Nível Médio no Brasil que possui uma Rádio comunitária homologada.

Ela é uma excelente oportunidade para seus alunos, futuros radialistas, em situação real de aprendizado prático.

Abrangência:
Rádio Show tem uma abrangência de cobertura no perímetro que integra os bairros da Aclimação, Ipiranga, Vila Monumento, Cambuci e Mooca. 

Importância:
Rádio Show é uma excelente ferramenta de comunicação com a comunidade do bairro, pois dispõe de uma programação de qualidade que atende o segmento jovem adulto.

Como diferencial a Rádio Show ainda mantém importantes laços de relacionamento com a comunidade, que abre espaço para a divulgação em eventos e projetos de integração social com a comunidade.

Justificativa:
Rádio Show, busca se tornar mais conhecida e difundida na região. Nossa meta visa participar de atividades gratuitas junto ao público em parques, áreas de lazer e diversão, a fim de torná-la mais inserida na comunidade. Criamos o Projeto Rádio Show Móvel, que é um furgão equipado com um competente sistema de som, para desenvolver ações locais, interligadas com nosso estúdio do ar. 

Segmentos do Público:
Rádio Show, tem sua programação direcionada ao público jovem adulto, com idades que variam entre 16 a 40 anos. O target social é direcionado ao público da classe AB. 

www.radioshow.com.br

Entre em contato com a Radioficina através do Telefone (11) 2063-5160Whatsapp (11) 9 5869-3869 ou mande um E-mail para contato@radioficina.com.br  

  • Instrutores
  • Estrutura
  • Métodos de Ensino

Cyro César

Radialista, especialista em qualificação profissional para rádio. Graduado em Produção de Rádio Televisão e Internet, Pós Graduado em Marketing e Propaganda, Mestrando e Tecnologia da Inteligência Digital e Design – PUC-SP.

Diretor geral da Rádioficina Escola de Mídia Eletrônica. Vivenciou o surgimento do Fm no Brasil nas primeiras rádios que implantavam o novo sistema de comunicação na cidade de São Paulo.

Atuou como locutor, produtor e coordenador em inúmeras emissoras paulistas, tendo passado pelas rádios: Imprensa FmAntena 1Record Am/FmCidade e Manchete Fm

Coordenou projetos de promoções e eventos nas Redes TransaméricaJovem Pan Sat e Band Sat.

Atualmente desenvolve projetos de capacitação profissional nas principais Associações de Radiodifusão do país.

É professor universitário convidado de inúmeras universidades brasileiras onde ministra painéis sobre rádio nos cursos de jornalismo e rádio e tv.

Publicou pela Editora Summus, três livros: “Como Falar no Rádio”, “Rádio - Inspiração, Transpiração e Emoção” e “Rádio – A Mídia da Emoção”.  Edições Rádioficina - “Upgrade o Help do Locutor” únicos no gênero, a abordar técnicas de locução e produção de Rádio.

É presidente da ABRAQUA - Associação Brasileira de Qualificação e Ensino Pró-Rádio.

Atualmente presta consultoria como é coordenador de treinamentos online das emissoras afiliadas da Rede Transamérica.

 

Cesar Abreu

Radialista do setor produção. Atuou como produtor e docente de sonoplastia na Rádioficina.

Ocupou na instituição a cadeira de tecnologia, produção de áudio e técnicas operacionais de rádio.

Atualmente dirige a Master Movies Produções em Áudio e Vídeo para Rádio, Televisão e Cinema.

Rádioficina é uma instituição voltada ao ensino da comunicação verbal na mídia eletrônica. Atuamos como escola de qualificação e formação de radialistas desde o ano de 1987.  Nosso trabalho consiste em treinar e capacitar pessoas que se interessem em se profissionalizar no rádio ou aprimorar sua capacidade na comunicação. 

Com sede própria localizada no bairro da Aclimação em São Paulo, encontra-se atualmente estruturada com o que há de mais moderno e atual na área do ensino para o rádio.

Criada e mantida por radialistas, a instituição desenvolveu ao longo de sua história, uma forte relação com o mercado de radiodifusão brasileiro.

Desenvolve projetos de parceria com emissoras de rádio, fornecedores de produtos e serviços para a radiodifusão, a fim de diminuir as distâncias entre seus alunos e o mercado de trabalho. Procura ainda, atender de forma flexível e comprometida às necessidades do rádio difusor e do profissional atuante.

Mais Cursos

•    Planeja, desenvolve e executa o desenho sonoro de uma produção e opera os equipamentos de áudio para assegurar a concepção e a narrativa do produto. 

•    Realiza as técnicas de captação de áudio através de qualquer fonte sonora elucidando as necessidades técnicas de ajustes de volume e equalizações de acordo com as especificações do programa de rádio e televisão. 

•    Constroi processo de sincronização entre som e imagem. Mixagem e masterização.

•    Opera mesa e equipamentos digitais seu softwares. 

•    Edita áudios, opera sistemas informatizados de alta performance, conhecendo seus diversos filtros garantindo a qualidade do áudio transmitido. 

•    Planeja, desenvolve e executa o desenho sonoro de uma produção e opera os equipamentos de áudio para assegurar a concepção e a narrativa do produto.

•   Formata a narrativa do produto por meio de imagens e áudio, em apoio ao processo de finalização e preparação.

•   Edita imagens e sons digitais, estabelecendo cortes conforme a estrutura, a ordem e a duração das partes a serem editadas e na interpretação de roteiros e scripts, garantindo a compreensão da mensagem e a estética audiovisual.

•   Analisa materiais diversos para um roteiro de edição.  Sincroniza áudio e vídeo explorando todas as possibilidades. Formata a narrativa do produto por meio de imagens e áudio, em apoio ao processo de finalização e preparação das mídias.

•   Executa a montagem, transporta os recursos e apoia a operação de captação de áudio ou imagem e a iluminação.

•   Opera equipamentos de iluminação com discernimento na utilização das cores para obter melhor resultado da imagem no set de gravação, interna ou externa garantindo a harmonia com a marcação de câmera do audiovisual, a fim de evitar a interferência física de equipamentos de iluminação.

•   Utilizar instrumentos de medida de intensidade de luz e de temperatura de cor através de lâmpadas, rebatedores de luz, leds, gelatinas e gobos metálicos ou de vidro para a total homogeneidade na gravação.

• Prepara e opera o equipamento de captação de imagens, por meio de diversas tecnologias, realiza os enquadramentos, além dos ajustes de foco e níveis de qualidade de áudio.

• Opera o diafragma/íris e o anel de focalização de diferentes tipos de câmera de televisão em estúdio ou externa, de forma a captar imagens dos apresentadores/entrevistadores durante os telejornais, programas e eventos jornalísticos.

• Opera o vídeo das câmeras, observando o sistema de monitoração, utilizando-se de sinais e ajustando os equipamentos correlatos que compõem o sistema de televisão para padronizar e assegurar a qualidade técnica da imagem.

• Produz programa de rádio e televisão de qualquer gênero inclusive tele noticioso ou esportivo.

• Produz programas de rádio e televisão de qualquer gênero, inclusive tele noticioso ou esportivo.

• Controla e obtém recursos matérias para construir programas de diversos gêneros de forma harmoniosa e  em  acordo com o estilo da locação. Contribui junto ao produtor executivo com a instalação e renovação de cenários.